O Cristão e a sua Boca

 

O Cristão e a sua Boca

 

 

Nós Cristãos temos uma bênção dada por Deus que é a nossa BOCA. A boca é um dos órgãos (se assim podemos dizer) mais usados por nós. Usamos nossa boca para: comer, beber, falar, cuspir, beijar, morder, bocejar e também para o ato mais bonito que o ser humano pode expressar – o SORRISO

Anatomia bucal:

- Dentes: 32d

- não existe dente fraco, existe dente sujo (ANTIBIÓTICO)

-dentes cariados

-Gengivas

-gengivite

-periodontite

-Mucosas

-Glândulas

-parótidas

-sub-linguais

-sub-mandibilares

-Produção de saliva-DIGESTÃO-enzimas

-Língua

-27 músculos

-com origem e sem inserção

2. A língua e o Crente

  • Tg. 3:3-6/9-12 - fala sobre o poder da língua. Como podem sair de uma mesma boca, bênção e maldição.

  • Tg. 4:11-12 - fala sobre falar mal uns dos outros

  • Sl. 120: 2 - falar mentiras - Jo. 8:44 - pai da mentira

  • Prov. 17:28 - crente língua frouxa

  • Prov. 10:19 - sensatez no falar

 

3. A boca e a proclamação

  • Temos boca profética

  • No mundo natural escrevemos com caneta, mas no espiritual escrevemos com a boca. Qual é a sua proclamação? Nos estudos, em casa, no seu trabalho, pela cidade, pelo pais

  • A CONFISSÃO POSTERIOR ANULA A ANTERIOR

 

4. A boca e o beijo

O que é o beijo? ósculo, contato com os lábios de outra pessoa provocando um pequeno ruído ao afastar-se com leve sucção.

 

5. "O Ficar"

PODE FICAR?

Ex.: Experimentar uma roupa.

O que é o ficar?

O ficar já teve outros nomes: namorico, flerte, paquera. Todos com o mesmo significado que é um namoro por pouco tempo, amizade colorida, distração amorosa com várias pessoas.

Minha definição é: invencionice carnal humana, que tem pelo qual o uso de outra pessoa por curto espaço de tempo, potencializado por satanás.

“O FICAR É A GRANDE ESTRATÉGIA que satanás LANÇOU NESTE SÉCULO.”

O ficar surgiu na década de oitenta entre os adolescentes de 13 aos 17 anos que buscavam o prazer pelo prazer sem qualquer perspectiva de compromisso. É fruto de sociedade hedonista (filosofia que faz do prazer o fim da vida).

Cl. 3:5 “fazei morrer a vossa natureza terrena: a prostituição, a impureza, a paixão, a vil concupiscência e a avareza que é a idolatria”

Muitos jovens querem começar um relacionamento (compromisso) ficando com outra pessoa, mas todo relacionamento que começa assim está fadado ao fracasso, o que gera traumas, frustrações e decepções.

Dificilmente um jovem conseguirá ter uma vida de SANTIDADE em um relacionamento passageiro, sem um peso de responsabilidade e de compromisso.


 

Grandes culpados disto são os PAIS, que se esqueceram de ensinar aos seus filhos o que significa um sacerdócio dizendo: “os jovens são assim mesmo”

MAS NÓS NÃO!!!

O MUNDO NÃO SERVE DE PADRÃO PARA NÓS.

O mesmo caso é o dito namoro que vem de uma raiz latina que quer dizer “fazer amor”. O crente não namora para casar, ele casa para namorar. (atenção leia novamente esta frase)

Quando 2 jovens se interessam um pelo outro, precisam entender que este relacionamento é uma ponte para o noivado e um futuro casamento.

O compromisso vem trazer um novo conceito de SANTIDADE para a juventude nos relacionamentos e principalmente, levar o jovem a entender que sua vida sentimental não é só seu interesse, mas também de DEUS.

Não podemos abrir mão de nossa SANTIDADE.

"O FICAR TUDO BEM EU, CONCORDO, MAS O NAMORO NÃO".

O ficar e o namoro têm as mesmas clausulas e permissões, porém com períodos de tempos diferentes e levado um pouco mais a sério.

O Compromisso não está baseado em contatos físicos, mas numa aliança, numa promessa.

No compromisso há promessa de bênção.

Não se deixe enganar pelas coisas do mundo, espere no Senhor, confia n'Ele e Ele tudo fará.

 

 

 

Textos Retirados de : http://www.montesiao.pro.br/estudos/estudosbiblicos.html